nike+.

desde abril de 2008 que tenho vindo a monitorizar as minhas corridas através do sistema nike+. fui levado a experimentar o mesmo por altura do lançamento da sportband, a qual, apesar de ser um conceito interessante, teve vários problemas de fiabilidade na sua primeira versão ( entretanto minorados na versão actual ). a unidade que utilizava durou pouco menos de um ano, pelo que, a partir de março passado, comecei a utilizar o ipod nano.

a minha experiência como utilizador da comunidade nike+ é muito satisfatória, reconhecendo na mesma a existência de vários factores geradores de interacção e que concorrem para a motivação dos seus utilizadores, seja individualmente ou em grupo ( corridas, desafios, objectivos, mapeamento de percursos, etc…). o interface do site nikerunning.com sofreu a sua primeira renovação profunda no final do ano passado, tendo a actual versão incluído novas funções que pretendem explorar mais o conceito de interacção entre os seus membros. no entanto, os predicados que serviram de base à construção desta enorme comunidade global foram mantidos, havendo agora uma maior preocupação em potenciar as comunidades a nível de países.

por várias vezes troquei impressões com outros utilizadores sobre o rigor da medição das distâncias efectuadas pelo sensor, sendo as opiniões neste particular muito díspares. no meu caso, as distâncias medidas nunca me suscitaram grandes dúvidas, dado utilizar percursos que já conheço há muitos anos. por vezes, nomeadamente em provas, é que as disparidades são maiores, porém nunca de modo a achar que o sistema não cumpre com a sua promessa comercial. um desvio na ordem de 3 a 5% (para cima ou para baixo), não chega para comprometer irremediavelmente as virtudes do mesmo, ainda para mais no caso de praticantes ocasionais ou amadores de pelotão. além disso, podemos sempre calibrar o sensor para medições mais exactas, o que aconselho a fazer duas vezes ao ano e utilizando uma pista de atletismo.

…não, não é obrigatório utilizar sapatilhas da nike para aderir à comunidade. existem uma infinidade de acessórios de outros fabricantes que permitem utilizar o sensor nas sapatilhas, de forma simples, eficaz e segura, para mal do gigante de beaverton… porém, temos obrigatoriamente que contribuir para a conta de mr. steve jobs caso optemos por utilizar um ipod ou iphone em detrimento da sportband.

na data em que escrevo estas linhas tenho registadas quase 200 corridas e estou envolvido quer em desafios colectivos, quer perseguindo objectivos individuais.

sem dúvida uma forma adicional de nos motivarmos e vermos a evolução do nosso esforço.

nike+

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s