na rota do 28. ida.

a ideia.

como ando folgado das pernas decidi dar-lhes um tratamento especial. não, nada de massagens ou visita ao spa… antes um treino seguindo o percurso do eléctrico 28. este já estava na calha há algum tempo, pelo que nada melhor do que aproveitar a calma citadina de uma manhã de sábado, para fazer o percurso do eléctrico mais turístico da capital. sem máquina fotográfica ou mapas, apenas uma boa dose de vontade e mentalmente preparado para as dificuldades que sabia ir encontrar.

uns dias antes tinha metido conversa com o guarda-freio dum eléctrico que estava na paragem a aguardar o início da viagem, o qual deve ter tido algumas dúvidas sobre a sanidade mental aqui do escriba! entre várias perguntas, inquiri-o sobre qual a extensão do trajecto percorrido pelo eléctrico (curiosamente não sabia!?), pois estava a pensar fazer o percurso da carreira 28 a correr. após algum tempo de amena cavaqueira, entre conselhos e sugestões várias, o meu interlocutor rematou com um muito avisado ” … por 1,45€ pode ir sentado, aprecia as vistas e não se cansa. e olhe que se vai mesmo cansar, quando chegar à sé muda de ideias…”.

mas como sou de ideias fixas, resolvi mesmo levar esta ideia por diante. cheguei cedo a campo de ourique, estacionei o carro e fui para o ponto onde a carreira 28 se inicia.

o percurso.

o percurso decompõe-se em 4 segmentos distintos (campo de ourique – estrela / estrela – camões / camões – graça / graça – martim moniz), e é sobre cada um deles que aqui deixo as minhas impressões. neste caso a orientação é muito fácil, dado apenas ter que seguir os carris do eléctrico.

segmento 1.

este primeiro segmento não tem qualquer dificuldade, sendo ideal como fase de aquecimento para o restante percurso. quase totalmente plano e com uma ligeira descida até à estrela. fácil, muito fácil…

percorridos 0,76 km. acumulados 0,76 km.

segmento 2.

calçada da estrela. esta desce e bem pelo que ainda não foi ali que encontrei qualquer dificuldade. o primeiro teste às pernas estava reservado para a calçada do combro, porém superado sem novidades. depois fui sempre a rolar sem problemas de maior, as ruas ainda calmas e com pouco movimento, até chegar ao camões, a esta hora da manhã povoado apenas pelos homens da limpeza, pombos e os inquilinos circunstanciais que começavam a despertar por debaixo das suas improvisadas habitações de cartão e plástico.

percorridos 1,88 km. acumulados 2,64 km.

segmento 3.

a partir daqui o percurso começa a dar luta! divide-se em duas partes distintas – antes e depois da sé. até à sé todos os santos ajudam. a partir dali… hajam pernas! é que nem com os santos a empurrarem a coisa se torna mais fácil. mas vale a pena o esforço. santa lúzia e as portas do sol oferecem-nos magníficas vistas da cidade. não é novidade que lisboa tem uma luz soberba, a qual tem um quê de irreal nas primeiras horas da manhã. vale a pena apreciar. deixo as vistas para trás e continuo a ascensão até à graça, navegando as ruas na calmaria da cidade meio adormecida.

percorridos 2,56 km. acumulados 5,20 km.

segmento 4.

chegado à graça está cumprida a parte mais díficil do trajecto. está conquistada a colina de santo andré, a mais alta de lisboa, na qual se situa o miradouro da senhora do monte, de longe o meu preferido da capital. uma espreitadela à cidade a partir deste local fica para mais tarde, pois tinha de cumprir os km finais deste percurso. como tudo o que sobe tem que descer, agora é só pôr um pé à frente do outro e ir indo até ao martim moniz, o melting pot étnico e cultural da cidade. o trecho que vai da rua maria até ao martim moniz é o mais degradado de todos aqueles por onde passei, sendo por demais visível a miséria humana que esta parte da cidade acolhe.

percorridos 2,22 km. acumulado total 7,42 km.

…(continua)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s