a maratona. plano de treinos. fase 2.

17 de agosto a 30 de setembro. cumprida a segunda fase do plano de treinos para a maratona do porto. alcancei as metas a que me tinha proposto, sem nenhum problema físico sério a assinalar. no entanto, o aumento do número de km e a intensidade dos treinos, provocaram o aparecimento de algumas pequenas dores osteoarticulares, porém fáceis de debelar com o descanso apropriado, alongamentos e muito, muito gelo, nunca tendo necessitado de recorrer a fármacos.

nesta fase efectuei vários treinos longos ( entre os 20 e os 30 km, de 2 a 3 h continuas ), pelo que a base aeróbica está melhor do que nunca. nestes treinos vou habituando o organismo a suportar o esforço de correr períodos longos, testo algumas combinações de hidratação e alimentação em movimento, e experimento vários tipos de ritmo de acordo com a maneira como me sinto nesses dias. treinei com todo o tipo de condições climatéricas, de manhã muito cedo e ao anoitecer. tem sido exigente, mas a satisfação pessoal de ultrapassar as barreiras dos 24, 26 e 29 km é incrível. a força psicológica que decorre destas pequenas conquistas terá muito a ver com o sucesso deste projecto.

resultado: 289 km percorridos em 20 treinos. acumulado: 500 km.

uma das mudanças mais significativas que introduzi no meu dia-a-dia foi no capítulo alimentar. já levava uma alimentação regrada, mas entendi que ainda podia ir mais longe e limitar alguns alimentos que aportam demasiadas calorias pobres ( doces, fritos, refrigerantes, etc…). não me custou muito o corte gradual dos mesmos e os resultados são visíveis. mantive o peso na casa dos 75 kg e a percentagem de gordura baixou para 8,9 %. estes resultados são certamente a combinação de dois factores: aumento da intensidade do treino e um aporte calórico ajustado às necessidades do mesmo. por precaução passei a tomar um suplemento multivitamínico, bem como glucosamina para as articulações, dado o enorme esforço a que estas são sujeitas.

resultados: peso – 76,1 / 75,6 / 75,1; % gordura – 10,1 / 9,7 / 8,9; colesterol total – 177 / 216 / 178; imc – 22,8 / 22,4; calorias gastas – 24930. acumulado: 41200.

entretanto entrei na terceira fase do plano. serão as últimas 5 semanas e que culminarão com o ansiado dia 7 de novembro. ainda tenho pela frente um mês muito exigente, com os três últimos treinos longos, dois dos quais irei cumprir em outras tantas provas ( 1/2 maratona sportzone no porto e corrida do tejo em oeiras, em versão ida-e-volta ). até agora estou muito satisfeito por ter adoptado o plano de treinos em causa, apesar do mesmo ser pouco convencional no que respeita aos planos tradicionais. não faço séries, rampas ou fartleks, corro três a quatro vezes por semana, distâncias entre os 10 e os 35 km, procurando variar as superfícies de treino.

em resumo, um plano para quem corre por prazer e tem na corrida um passatempo, que goste de desafios e de testar as suas capacidades.

ritorna vincitor!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s