na praia ou na cidade.

correr está a tornar-se uma actividade cool. ao andar pela blogosfera vou encontrando uma série de novas propostas que me levam a pensar que portugal está, finalmente, a assistir ao boom desta actividade. isso ou a constatação de que correr é uma forma simples e barata de lidar com o stress e outras maleitas decorrentes da vida acelerada que hoje levamos.

o tema de hoje não está relacionado com as provas ditas populares, dado que muitas dessas já têm veneranda idade e fazem parte de um calendário que congrega competições regulares que acontecem um pouco por todo o país. o caso em questão tem a ver com iniciativas que vão surgindo, umas mais informais, outras mais estruturadas, cuja existência está intimamente ligada à prática da corrida.

no caso das mais informais começam a existir várias alternativas, com objectivos distintos e inovadores. geralmente decorrem de uma ideia, necessidade ou de uma iniciativa particular, a qual cresce alicerçada nas redes sociais ( facebook e blogs ). neste caso em particular existem duas iniciativas completamente distintas mas que têm, passe a expressão, “pernas para correr”: os treinos lunares e as corridas na cidade.

os treinos lunares têm a “paternidade” do paulo pires, um corredor e blogger da margem sul. a ideia? correr à noite, quinzenalmente, nas datas de lua nova ou lua cheia, no areal da costa da caparica, entre o restaurante mar puro e a fonte da telha e regresso. o factor atracção reside em correr ao luar, num ambiente totalmente diferente daquele em que habitualmente o fazemos, complementado com o convívio pós treino. diferente sem dúvida.

já as corridas na cidade são uma iniciativa desenvolvida por quatro corredores e cujo objectivo é, tal como o nome indica, correr em percursos urbanos traçados na cidade de lisboa ( já têm também uma “filial” no porto ). partilho da opinião de que a capital é uma cidade muito interessante para correr, como aliás tenho escrito em vários posts publicados na secção percursos deste blog. a ideia das corridas na cidade é facilmente adaptável em qualquer cidade do país, pelo que é provável que a iniciativa se replique noutras localidades. agora passo a ter companhia para explorar novos trajectos nesta forma diferente de (e dar a) conhecer a cidade.

os meus votos de sucesso e muita adesão a estas iniciativas. conto participar nelas sempre que possível.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s