tempo de corr(m)er.

vão ser muito poucos os dias em que não vou correr durante o “período crítico”. entre treinos, são silvestres e uma ou outra corrida pirata, a quadra promete ser muito movimentada, na estrada e na mesa.

valha-me a corrida como maneira de combater os excessos das tentações gastronómicas e enólogas que me vão passando pela frente, nestes dias de jantares e celebrações natalícias.

hajam pernas porque apetite não me falta!

Anúncios