o porquê das 10h05m.

stillon3_ing

… não aprenderam nada?!

bruxelas. 50° 51′ norte, 04° 21′ este. domingo 6 de outubro. 9 horas da manhã. temperatura 10º c. 10.000 corredores no parc du cinquantenaire aguardam pelo tiro de partida na maratona da capital belga.

cascais. 38° 44′ norte, 9° 9′ oeste. domingo 6 de outubro. 10h05 da manhã. temperatura 21º c. 2.500 corredores na baía de cascais aguardam pelo tiro de partida na maratona da capital portuguesa.

o que é que a maratona de bruxelas e a de lisboa têm em comum para além da distância? eu esclareço: os interesses comerciais inerentes à transmissão televisiva do evento.

e o que é que distingue a maratona de bruxelas da de lisboa, relativamente aos atletas participantes? a resposta óbvia é: tem o triplo dos participantes. mas não, aqui temos que ver para além do óbvio, e a resposta é: a consideração pelos atletas participantes. que existiu em bruxelas e que faltou em lisboa.

os organizadores da prova lisboeta, o maratona clube de portugal e o competitor group (a face visível de um fundo de investimento), deixaram bem claro que a maratona é um negócio que tem de ser rentável, em que a televisão é um veículo promocional imprescindível. doa a quem doer!

com a diferença horária a jogar a favor da transmissão televisiva, conseguiram encaixar as duas provas sem qualquer problema. das 8:00 às 10:00 a transmissão da prova belga, logo seguida pela transmissão da prova portuguesa. o facto da maratona de lisboa ter começado às 10:05 da manhã foi determinado pelos 5′ de intervalo necessários para o cumprimento dos compromissos publicitários e de auto-promoção do canal televisivo. tão linear quanto isto!

sob a capa da promoção do turismo e da imagem de lisboa, bem como das dificuldades de alteração do calendário do circuito rock n’ roll, em 2014 vai continuar tudo na mesma, independentemente de os atletas terem que ser submetidos a temperaturas impróprias para a prática desportiva. como esta é uma variável que a organização não pode controlar, arrisca na probabilidade de s. pedro estar de mau humor e proporcionar um dia em que as condições não sejam tão extremas como as da edição deste ano.

25 a 30% de desistências? acontece, paciência… que se tivessem preparado melhor, a maratona não é para “meninos/as”… só lá vai quem quer! certo? absolutamente, se encararmos um evento desportivo numa perspectiva mercantilista, como foi o caso dos organizadores atrás referidos. ou muito errado, caso essa opção ponha em causa os pressupostos básicos daquilo que deveria ser uma celebração de conquista da mítica distância.

as opiniões valem o que valem e esta é, tão só, a minha. porém, acho que a prova lisboeta e todos os que se dispõem a enfrentar os seus 42,195 km merecem mais consideração. aparentemente os organizadores não são da mesma opinião pois vão persistir no erro. com data marcada para 5 de outubro de 2014, pelas 10h05m da manhã.*

* no espaço de poucas horas e no link acima indicado, a hora de início das provas do próximo ano passaram a to be determined… coincidências!!!

Anúncios

4 comments

  1. A minha dúvida é tão somente se sem transmissão televisiva seria possível a realização da prova pois sem a essa transmissão a publicidade fugia como o diabo da cruz!
    Mas não sei se hora teve a ver com isso ou outro factor.
    Sei é que não concordo com as regras do mercado e com esta sociedade mas, por enquanto, vivemos nela!
    E como temos as tais regras do mercado a solução é quem não quiser arriscar-se a apanhar calor ir ao Porto (bem sei que são mais despesas para quem vive cá em “baixo” e vida está complicada para muita gente).
    Tenho pena que não se consiga ultrapassar esse problema da hora mas no meio de isto tudo só tenho uma certeza quando se fala de organizadores não se estará a falar da direcção técnica da prova pois tenho a certeza que quem está à frente da mesma desejaria muito poder fazer a prova noutra hora mas se não lhe dão essa possibilidade tem de trabalhar com o produto que lhe entregam.
    A Maratona de Lisboa tem tudo para ser uma grande prova mas é fundamental que a hora seja alterada e isso também passa pelos corredores pois são eles que fazem a festa e são eles que podem fazer sentir as promotores da prova que a mesma tem de mudar de hora.

  2. caro jorge, estamos de acordo no fundamental e, propositadamente, não menciono a direção técnica da prova, mas antes a entidade organizadora. o competitor group tem como objectivo remunerar o capital do fundo de investimento que o controla, seja a organizar maratonas ou, no limite, a vender alfinetes. a questão de fundo é $$$$$$!
    não posso estar mais de acordo que temos de ser nós, os participantes, a criar as condições para que a situação mude. este é o meu contributo. abraço.

  3. Concordo que é no mínimo aberrante a hora a que se deu a partida para a maratona da Costa do Estoril. Disse-o no meu ‘cantinho’ e disse-o à organização, quando recebi um mail para dar a m/opinião. Deve ser igual ao litro para eles, porque valores mais altos se levantam. Se fosse relevante, aposto que a alteração da hora estaria assegurada, porque não acredito que alguém tenha concordado com este factor, que prejudicou tanta gente. Pena tenho que a alternativa esteja a 300Kms, no Porto!!

    1. quase que aposto que para a edição de 2014 vão emendar o erro de palmatória que cometeram este ano. na verdade a maratona da costa do estoril ( boa sugestão para a designação oficial da prova ) merece essa atenção. boas corridas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s