em retrospectiva.

2013

no ano em que o fenómeno da corrida explodiu, a minha relação com a mesma, no mínimo, implodiu. em retrospectiva e analisando as causas que levaram a tal situação, cheguei à seguinte equação:

cansaço + saturação + lesões = enorme assinalável falta de motivação.

primeiro de uma forma imperceptível, depois de uma maneira mais insidiosa, a necessidade de fazer outro tipo de actividades desportivas ou de lazer começou a falar mais alto. daí ter optado pelas caminhadas e pela bicicleta, como contraponto aos milhares de km percorridos nos últimos três anos.

assim não é de estranhar que a minha época desportiva de 2013 se tenha saldado por apenas 8 provas: 5 de 10 km, 1 meia maratona e 2 maratonas, tendo algumas delas sido “tiradas a ferros“. no total, entre treinos e provas, não percorri mais de 1200 km, e o curioso é que também não senti falta de mais…

em jeito de conclusão posso dizer que virei uma página no respeitante à forma como passei a encarar a corrida. mas acredito que o melhor ainda está para vir!

bom ano.

Anúncios

2 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s