Trilogia oriental. 1.

Actualizado recentemente5

O efeito das zonas verdes sobre o ambiente físico de uma cidade, ou de um bairro, reveste-se de grande importância pelas mais variadas razões. Atenuam a acumulação excessiva de calor por via de um menor grau de aquecimento do solo durante o dia, e um arrefecimento noturno mais rápido, contribuem para o controle do vento reduzindo-lhe a velocidade, controlam o impacto da chuva, da geada e granizo. Porém o coberto vegetal não controla apenas estes fatores climáticos, influi também nas variações anuais e sazonais da temperatura.

Adicionalmente, as zonas verdes desempenham um papel preponderante na ordenação paisagística dos locais, além de constituírem um elemento imprescindível para a população, dos pontos de vista higiénico, sanitário, recreativo e psicológico.

O percurso de hoje vai percorrer três espaços verdes da parte oriental de Lisboa que, no seu todo, abrangem uma área de 21 ha, mas que individualmente valem pelo encanto e serenidade que proporcionam a todos aqueles que os demandam.

madre de deus1Começo este percurso no parque da Madre de Deus, um pequeno bosque frondoso que permanece num estado semi-natural numa área densamente urbanizada. Integrado no bairro da Madre de Deus, desenvolve-se em apenas 4 ha e foi criado em 1959, década e meia após a construção do bairro que lhe dá o nome. Este ocupa uma área de 14 ha e foi construído entre 1939 e 1944, consistindo num dos maiores bairros de “casas económicas” erguido no período do Estado Novo para acolher a população recém chegada a Lisboa no primeiro quartel do século XX.

md1

Após a construção do bairro na sua periferia ficou um antigo terreno municipal, situado numa encosta em declive, o qual viria, na década de 1950, a ser definido como zona de mata, tendo-se procedido à sua arborização a par da colocação de alguns equipamentos rudimentares para utilização por parte dos habitantes do bairro. Já na década de 1990 o local viria a receber melhoramentos substanciais, através da instalação de um recinto polidesportivo, anfiteatro, circuito de manutenção, balneários e sanitários públicos, parque infantil e de merendas, sendo alvo de nova intervenção em outubro de 2009 para melhoramento de infraestruturas.

Como habitualmente, na primeira incursão pelo parque parti à descoberta do seu perímetro e, na segunda volta, à descoberta dos caminhos interiores.

madre de deus3

alt md

Com apenas 4 ha o perímetro do parque é, como seria de esperar, curto (900 m). Mas na Madre de Deus curto não é sinónimo de fácil, pois este parece uma pequena montanha-russa que exige uma boa dose de pulmão.

md2

A rede de percursos interiores (750 m) por entre a mata densa propicia abundantes e amplas sombras, permitindo, nas zonas inferiores do parque, usufruir de vistas amplas para o Alto do Pina e Vale de Chelas, o local do meu próximo destino.

(1/3)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s