A maratona de Nova Iorque. #7. A feira. Dia-2.

151030_092328

The Big Apple. A cidade que nunca dorme. The Big City. A capital do mundo. Melting Pot. Gotham. São muitas as expressões usadas para caracterizar esta megacidade de 8,4 milhões de habitantes concentrados em 786 km2 de território. Aqui é tudo superlativo, no sentido em que a moderação é um conceito pouco conhecido e praticado por estas bandas. Maior e muito são dois adjectivos intrínsecos a esta maneira de viver… mas com implicação directa nos dólares necessários para fazer face às tentações que não param de criar necessidades (apesar do esforço deliberado para não embarcar na euforia do consumismo que estende o seu “manto diáfano” por todos os cantos da cidade…)

Nova Iorque, 30 de outubro. Amanheceu limpo e assim permaneceu, com uma temperatura amena e o sol a brilhar com intensidade. Comecei o dia com um treino ligeiro de 30′ em Central Park (coincidente com a hora de início da maratona), de forma a ambientar o corpo. Depois de satisfazer o meu pecado americano (nada disso…não é o que estão a pensar…) na forma de um mega pequeno-almoço, fui levantar o dorsal e tomar contacto com o ambiente da prova. O local onde tudo se passa é o gigantesco Jacob K. Javits Conventions Center localizado na 11ª Av. com a Rua 36, que alberga a feira da maratona num dos seus pavilhões (o nº1). O espaço fervilha de actividade provocada pelos milhares de pessoas que ali acorrem para visitarem a maior feira de maratona do mundo, nestes dias transformada nas Nações Unidas da corrida e um paraíso para compras das últimas novidades de artigos desportivos e de toda a parafernália existente para a prática da modalidade.

O processo de levantamento do dorsal e verificação do chip foi muito expedito, estando tudo muito bem organizado e sinalizado. No saco recebido constavam o envelope com o dorsal e o guia informativo da maratona, além de uns quantos folhetos. Depois fui buscar a camisola de participante e estava despachado. É tudo a quanto se tem direito e, em boa verdade, nada mais faz falta.

Verificado o chip passa-se directamente para a área comercial da feira, mais propriamente para o enorme espaço da ASICS, a marca desportiva oficial da maratona, do qual podemos sair equipados dos pés à cabeça com os artigos exclusivos da edição de 2015 da maratona de Nova Iorque.

Saído do espaço do patrocinador oficial é tempo de ver a restante oferta, onde a maioria das marcas americanas mais relevantes* no segmento da corrida está presente. Da nutrição à electrónica, dos equipamentos mais sofisticados às viagens, de tudo se encontra disponível para venda. Com tanta e tão variada tentação oferta a escolha é determinada mais pela carteira do que pela real necessidade…

*Excepto a NIKE que concentra na loja bandeira da Rua 57 com a 5ª Av. a sua enorme e poderosa máquina comercial relacionada com a prova.

nycm15

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s