estrada

de visita aos F-16

De regresso à estrada e com mais uma Base Aérea para a lista de provas, desta vez a nº 5 em Monte Real.

Nos terrenos da atual Base Aérea funcionou, de 1938 a 1941, o Aero-Clube de Leiria, que serviu posteriormente como Aeródromo Militar (até 4 de outubro de 1959), data que marcou a inauguração oficial da Base Aérea Nº 5.

Construída num local central do território continental, de modo a permitir a intervenção rápida dos seus caças em qualquer ponto do mesmo, esta base NATO recebeu, em 8 de julho de 1994, as primeiras 4 aeronaves Lockheed Martin F-16, de um total de 30 que constituem a única esquadra – 201 Falcões – de aviões de caça do país que estão em permanente estado de prontidão.

A 1ª Corrida de Monte Real, um evento organizado pela C.M. Leiria e com o apoio técnico da Atletas.net, levou até esta localidade num magnífico fim de tarde um razoável pelotão (pouco mais de três centenas de participantes), que não perderam a oportunidade de correr num espaço (habitualmente) inacessível.

A base abriu as suas portas para uma parte do percurso com cerca de 3 km, delineado pela zona mais operacional da mesma e onde não faltou um F-16 para fazer a “guarda de honra” aos participantes.

A 1ª Corrida de Monte Real foi um evento bem organizado e com um percurso interessante, que só precisa de um ajuste no calendário para se tornar numa clássica de estrada.

Agora, para fazer o pleno de provas nas bases aéreas nacionais ficam a faltar apenas duas: Beja e Lajes. Excelentíssimos Senhores Chefe do Estado-Maior da Força Aérea e Comandantes das BA 11 e BA 4, que tal pensarem no assunto?

liga record

Participar num conjunto de provas – de estrada ou de trail – em cada um dos 18 distritos do continente, com distâncias e graus de dificuldade distintos, integradas num circuito competitivo parece aliciante?

É, e dá pelo nome de Liga Allianz Running Record. Um projecto da Cofina Media que teve a 1ª edição em 2017 e que renova a aposta para o corrente ano.

De acordo com os promotores é “uma liga nacional composta por 18 provas em 18 distritos de Portugal Continental […], selecionadas em parceria com a F. P. A. […] de forma a garantir um elevado padrão de qualidade na organização.”

O calendário da Liga Allianz Running Record terá “(…) 18 provas, do trail à estrada, dos 10km aos 26km e com níveis de dificuldade diferentes.

No final do circuito uma prova Master de 10km, organizada para aqueles que mais se destacaram no desafio da superação, se testarem ao lado dos grandes campeões portugueses.”

Este projecto é suportado por uma plataforma digital que pretende ser “um espaço global 100% dedicado ao running, aglutinador de provas, de conteúdos e de fãs da modalidade, dos 8 aos 80 anos, dos iniciantes aos profissionais, que correm em estrada ou se aventuram em trails. […] reúne também o mais relevante e credível dos conteúdos técnicos nas áreas do treino, saúde, alimentação e equipamento, bem como da atualidade do atletismo e o detalhe das provas que compõem a Liga.”

Uma proposta diferenciadora que merece ter sucesso.