meia maratona

MM dos Descobrimentos. Prova 11. 2015.

12188889_1130431200317929_5738839445440849693_n

Na ressaca da Maratona de Nova Iorque andei um pouco afastado das corridas. Porém a preguiça já tinha os dias contados, pelo que ontem regressei às provas na 3ª edição da meia-maratona dos Descobrimentos e logo com uma missão para tornar a ocasião interessante: ser pacer do meu amigo Paulo B. ajudando-o a superar o desafio pessoal de quebrar a barreira das 2h00.

início

Esta foi a prova ideal para o fazer essencialmente por dois factores: um percurso fácil e meteorologia bastante favorável. O mínimo que posso dizer é que fomos bem sucedidos pois terminamos com 1h59m35, daí a satisfação pelo objectivo atingido.

A MM dos Descobrimentos é um evento que tem um futuro promissor pela frente. Está bem enquadrada em termos de calendário, tem um percurso propício à obtenção de boas marcas e decorre numa época em que as temperaturas são adequadas para as provas de média distância.

A 3ª edição do evento comprovou tudo isto, tendo sido muito participado e proporcionado um nível organizativo adequado, pelo que ficou como mais uma boa recordação do ano desportivo de 2015.

corridas 15

rnr mm lx. prova 8. 2015.

RNR-Meia-Maratona-2015

Depois da tempestade a bonança… e está feita mais uma prova para “afinar” a máquina para o dia 1 de Novembro.

A última vez que participei nesta prova andava a treinar para a maratona de Istambul e marquei neste percurso o meu melhor tempo na distância. Três anos depois regressei à Rock’n’Roll Meia Maratona de Lisboa, porém com objectivos completamente distintos em termos de resultado.

Ao contrário da meia de Setúbal (onde corri com um ritmo mais elevado) hoje o objectivo foi rolar no intervalo dos 5’30” – 5’35” ao km, um ritmo confortável e sem grande esforço. Daí ter concluído a prova na casa da 1h56, sem sinais anormais de desgaste ou de fadiga, um bom indicador para o grande objectivo que se aproxima a passos largos.

Deste mega evento de corrida tudo de positivo a assinalar. O cenário vivido ontem com a tempestade que se abateu sobre a região de Lisboa fazia prever o pior, mas a força dos elementos não levou a melhor perante a qualidade e a quantidade dos meios humanos e materiais que esta organização envolve.

As Rock’n’Roll maratona e meia-maratona de Lisboa são (por direito próprio) um evento de referência a nível mundial que nada ficam a dever ao que de melhor se faz por esse mundo fora.

Lisboa merece provas assim!

corridas 15

nyc t logo