uma senhora campeã

Aurora Cunha – Uma Vida de Paixões é o livro, em registo de biografia ilustrada, que retrata uma das mais emblemáticas corredoras de fundo da história do atletismo português, e no qual ficamos a conhecer em detalhe a sua carreira e as suas conquistas.

Recordista e campeã mundial de estrada em três anos consecutivos – 1984, 1985 e 1986 -, venceu quatro das maiores maratonas do mundo – Paris e Tóquio em 1988, Chicago em 1990 e Roterdão em 1992 – o que a tornou num dos grandes nomes do atletismo mundial na década de 1980.

Retirada das competições desde o ano 2000, tem tido um percurso de grande empenho em prol de causas sociais e desportivas, nomeadamente na luta por uma actividade física limpa e sem doping, papel que lhe valeu várias homenagens ao longo dos anos.

Uma Senhora campeã que fez “da paixão pelo desporto, uma afirmação e realização social pela transcendência, e um percurso pautado pela humildade, tenacidade, resistência e solidariedade”.

– Aurora Cunha Uma vida de paixões, Aurora Cunha e Maria José Carvalho, Editora Glaciar, 978-989-87768-39

circuito das forças armadas 2019

Após um ano de ausência o CFA – Circuito das Forças Armadas – regressa ao calendário de provas na Área Metropolitana de Lisboa. A 1ª edição realizou-se em 2015 e teve continuidade nos dois anos seguintes, porém não se disputou em 2018 apesar de ter sido anunciado.

Organizado pela Xistarca e com o apoio institucional dos Estados-Maiores dos três ramos, a 4ª edição do CFA realiza-se no espaço de 4 semanas com as três provas habituais – Marinha, Exército e Força Aérea. Cada etapa será composta por uma corrida e uma caminhada, de 10 e 5 km, respectivamente, nas quais os participantes terão a possibilidade de correr em espaços habitualmente inacessíveis, dado os percursos decorrerem integralmente dentro de instalações militares.

Em 2015 participei no circuito mas só consegui estar presente nas provas do Exército e da Força Aérea, pelo que me ficou um “amargo de boca” por não ter feito o pleno. Assim sendo (e porque mais vale tarde do que nunca) no dia 27 de janeiro lá estarei na linha de partida para encerrar o assunto em definitivo.